O preço do metro quadrado subiu em Curitiba?

Olá!

Avalie seu imóvel com a DERVILLE Imóveis
Avalie seu imóvel com a DERVILLE Imóveis

De repente você se depara com uma chamada da revista Exame (05/06/13): “Preço do metro quadrado no Brasil sobe 1% em maio”, e a primeira explicação em resumo diz o seguinte: “Segundo Índice Fipe/Zap, Rio de Janeiro tem metro quadrado mais caro e Curitiba teve a maior alta de preços em maio na comparação entre 16 cidades”. Indica o resultado de uma pesquisa de preços do metro quadrado de algumas cidades, neste caso, capitais no Brasil, no nosso caso, Curitiba/PR. O metro quadrado deste estudo é o cálculo das ofertas para venda de apartamentos “em lançamento” publicadas no portal de classificados de imóveis do jornal O Globo, ZAP Imoveis, na maioria das vezes pelos próprios empreendedores.

Em média, os imóveis “em lançamento”, principalmente apartamentos são corrigidos mensalmente atualizando assim os custos da construção até a sua entrega. Desta forma, seu valor por metro quadrado é alterado mês a mês. E ainda, com a inserção de padrões mais nobres esses valores, na sua média, tendem a elevar ainda mais estes valores.

O Preço do Metro Quadrado Subiu em Curitiba?

Existem muitos profissionais que estudam e apresentam seus resultados na mídia. É o caso da “Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – Fipe é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, criada em 1973 para apoiar o Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), com destacada atuação nas áreas de pesquisa e ensino – fonte: FIPE”.

A finalidade destas pesquisas são declaradas assim: “As pesquisas acadêmicas e aplicadas da Fipe têm a finalidade de diagnosticar, quantificar e avaliar os impactos das políticas econômicas e sociais. Atendem também a solicitações do governo em todos os seus níveis, a instituições nacionais e internacionais, a empresas e a organizações da sociedade civil. – Fonte: FIPE”.

De forma extremamente clara, a fonte da sua pesquisa é assim explicada: “O Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados é o primeiro indicador com abrangência nacional que acompanha os preços de venda e locação de imóveis no Brasil. O índice é calculado com base nos anúncios publicados na página do ZAP Imóveis.

Entenda-se que não se considera o universo dos imóveis do mercado imobiliário de Curitiba e Região Metropolitana. Não se considera todos os tipos de imóveis, apenas os apartamentos anunciados no portal. “A Fipe considera apenas os anúncios de apartamentos e leva em conta a localização (bairro), o número de dormitórios e a área útil.

A grande confusão

Para se calcular o metro quadrado de um imóvel leva-se em conta o zoneamento ao qual ele pertence, seu potencial, sua vocação urbana e a sua raridade. Depende da oscilação entre a oferta e a procura.

A grande confusão nasce nas correções mensais que ocorrem nos custos das obras, que refletem diretamente no CUB de cada região. Esta correção nos informa quantos Reais precisamos para construir em cada metro quadrado.

As correções da inflação ou deflação. Na inflação o preço sobe, ou seja precisamos de mais Reais para comprar um metro quadrado. E a deflação reflete que temos Reais valorizados, daí os preços caem. Portanto, se a cada mês precisamos de mais dinheiro para comprar cada metro quadrado, significa “inflação”. Agora, se o dinheiro sobra para comprar o mesmo metro quadrado, estamos falando em deflação.

E então o que você deve fazer?

Solicite um orçamento para a DERVILLE Imóveis avaliar seu imóvel em Curitiba e Região Metropolitana. Você receberá todas as informações necessárias para vender, comprar ou alugar seu imóvel.

Estamos aguardando seu contato!

DERVILLE Imóveis

 

Deixe uma resposta