Cidade florida: Flores deixam mais alegre os caminhos curitibanos

Olhar Curitiba

Cidade Florida: Flores deixam mais alegre os caminhos curitibanos

08/01/2019 14:55:00 | Fonte: PM Curitiba, PR

Cidade Florida: Curitiba, PR

Já imaginou o que seria do calçadão da Rua XV sem as típicas flores que o decoram e dão cor? Nesta rua, assim como em diversas outras partes da cidade, as flores conferem um toque de charme e encanto à paisagem.

No Palácio 29 de Março, nos canteiros das avenidas, em rotatórias, as flores da temporada já estão plantadas e registradas pelo fotógrafo da Prefeitura Levy Ferreira. “Curitiba poderia ser a cidade das flores”, diz Levy, sobre a variedade encontrada na cidade.

Por ano, o Horto do Guabirotuba, onde são plantadas as flores, produz 1,5 milhão de unidades. Para esta época, há begônias, sunpatiens, tagetes, sálvias e amestistas, que variam entre cores como rosa, laranja, amarelo e azul.

Cidade Florida: Renovação

A cidade também investe na manutenção e mudança das flores em seus canteiros de acordo com as estações e datas comemorativas. Em outubro, por exemplo, a Prefeitura renovou os canteiros da Rua XV com rosas para reforçar a campanha do Câncer de Mama. Foram instaladas rosas cravinas e bocas-de-leão. Só no calçadão são cerca de quatro mil mudas de flores e nos demais parques e praças, o número chega a 500 mil.

Os canteiros também mudam com as estações climáticas. No mês de junho, a Prefeitura muda os tons dos canteiros de parques e praças com flores de espécies que se adaptam melhor ao clima frio de Curitiba. O Jardim Botânico é um dos principais protagonistas na troca de canteiros, que no inverno de 2018 recebeu 75 mil bocas-de-leão para receber a estação.

Os responsáveis por plantarem e cuidarem das flores que embeleza a cidade trabalham no Horto Municipal do Guabirotuba, que pertence ao Departamento de Produção Vegetal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Todas elas passam pelas mãos de funcionários que contribuem para deixar Curitiba cada vez mais linda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *