Curitiba: Projeto pretende acabar com cobrança em dinheiro nos ônibus em Curitiba

Noticias de Curitiba e RMProjeto pretende acabar com cobrança em dinheiro nos ônibus em Curitiba

A proposta prevê o fim da obrigatoriedade da presença de cobradores em terminais, estações-tubo e ônibus, além de recolocação dos profissionais em outras funções

GAZETA DO POVO: 07/08/2014 | 19:34 | KELLI KADANUS

Um projeto de lei que estabelece o fim da cobrança em dinheiro no transporte público de Curitiba tramita na Câmara de Vereadores. A proposta é de autoria do vereador Felipe Braga Côrtes (PSDB) e aguarda parecer da Comissão de Legislação, Justiça e Redação da Casa.

De acordo com o texto, a presença de cobradores nas estações-tubo, ônibus e terminais não seria mais obrigatória, já que o cartão-transporte passaria a ser a única forma de pagamento da passagem. O projeto de lei também determina que as empresas não demitam sem justa causa os cobradores pelo período de dois anos. Além disso, as empresas devem garantir oportunidades de realização de cursos de capacitação e requalificação gratuitos a todos os funcionários que exercem a função de cobradores, para sejam remanejados para outras funções.

O projeto ainda deve passar pelas comissões de Serviço Público e Urbanismo e Obras Públicas antes de ir à votação.

Urbs

De acordo com a assessoria de imprensa da Urbs, não há nenhum estudo no órgão para acabar com a cobrança em dinheiro. A intenção, de acordo com a prefeitura, é incentivar cada vez mais os cidadãos para que a maioria opte por essa modalidade.

A assessoria informou que uma série de medidas de incentivo está em estudo na Urbs, como ampliação dos pontos de venda de créditos e cartões-avulsos e implantação de tarifa diferenciada para quem pagar com cartão.

Deixe uma resposta