Curitiba: Estrangeiros compram 30% dos ingressos na Copa do Mundo 2014 em Curitiba

Estrangeiros compram 30% dos ingressos para jogos da Copa do Mundo em Curitiba

Fonte: Diário do Comércio & Indústria | quinta-feira 15/mai/2014 18:56

Estrangeiros de diversas nacionalidades adquiriram 30% dos ingressos para as quatro partidas da Copa do Mundo 2014 que acontecem em Curitiba. De acordo com a FIFA e Ministério do Esporte, eles dividirão as arquibancadas com os curitibanos e moradores das cidades vizinhas, que ficaram com 52% das entradas. Torcedores de outros estados brasileiros compraram 18% dos ingressos disponíveis.

Imagem: Brasil Gov Br

Durante a Copa do Mundo de 2014, a Arena da Baixada terá 41.482 cadeiras. No próximo dia 16 de junho, quando o Irã enfrentar a Nigéria, os torcedores vindos dos Estados Unidos ocuparão 7,9% das cadeiras. Os ingleses ficaram com 3,3% dos ingressos para a partida, seguidos dos canadenses, com 2%. Iranianos adquiriram 1,8% das entradas e os nigerianos, 1,6%. Torcedores da Austrália e da Alemanha compraram 0,8% dos ingressos cada. A partida entre Irã e Nigéria também terá um número expressivo de Argentinos e Suecos; ambas as nacionalidades adquiriram 0,5% das entradas. Moradores de Curitiba e de cidades próximas serão maioria, com 58% dos ingressos. Torcedores vindos de outros estados ocuparão 17% das cadeiras.

No dia 20 de junho, quando Honduras e Equador entrarem em campo, os torcedores equatorianos ocuparão 12% das cadeiras. Os torcedores vindos dos Estados Unidos ficaram com 10% dos ingressos para a partida, seguidos dos ingleses, com 2%. Australianos adquiriram 1,4% das entradas e os hondurenhos, 1,2%. Torcedores do Canadá e da Alemanha compraram 0,9% dos ingressos cada. Chilenos compraram 0,7% dos ingressos e colombianos, 06%. Moradores de Curitiba e de cidades próximas serão maioria, com 43% dos ingressos. Torcedores vindos de outros estados ocuparão 21% das cadeiras.

No dia 23 de junho, a Austrália enfrenta a Espanha. Os torcedores australianos vão ocupar 17,4% das cadeiras. Os torcedores vindos dos Estados Unidos ficaram com 3,5% dos ingressos para a partida, seguidos dos espanhóis, com 3,3%. Peruanos adquiriram 0,7% das entradas, assim como os ingleses, que também ficaram com 0,7%. Torcedores do Canadá compraram 0,5% dos ingressos. Colombianos, alemães e argentinos ficaram com 0,4% cada. Moradores de Curitiba e de cidades próximas serão maioria, com 50% dos ingressos. Torcedores vindos de outros estados ocuparão 19% das cadeiras.

A partida entre Argélia e Rússia, no dia 26 de junho, trará um número expressivo de russos para Curitiba; eles ficaram com 11% dos ingressos para a partida. Torcedores dos Estados Unidos ficaram com 3,7% das cadeiras. Os franceses adquiriram 1,5% das entradas e os canadenses, 1,0%. Alemães ficaram com 0,7% das cadeiras, seguidos dos australianos, com 0,6%, dos colombianos, com 0,5%, e dos argentinos, com 0,4%. Torcedores vindos de Curitiba e região compraram 56% das entradas e brasileiros de outros estados ficaram com 19%.

Os números se referem às vendas de ingressos comuns para o público geral. As vendas diretas por ordem de encomenda foram encerradas no dia primeiro de abril. No dia 15 do mesmo mês foi aberta a chamada venda de última hora. Novos ingressos para as partidas de Curitiba podem surgir nessa modalidade de venda conforme a disponibilidade.

 


Deixe uma resposta